Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Nossa Senhora da Lapa - Cando

15
Ago13

     Deixamos aqui umas imagens da Festa do Cando.

   Por esta altura os nossos emigrantes e os ausentes embora no seu país, dão outro movimento à aldeia.

    Muitos deles regressam para pagar promessas de fé, feitas lá longe, quando a saudade aperta.

   

Altar da Capela do Cando.

Preparativos para a procissão.

A rua "cheia"...

A juventude com raízes, também participa.

A bênção do nicho da Srª da Lapa.

Os andores!

Imagem da Srª da Lapa.

MÁS NOTÍCIAS...

31
Mai10

 

Vale de Anta, saiu ontem derrotada por 4-2, do pavilhão Municipal, frente à equipa da Madalena!

Não quero entrar aqui em polémica, mas parece-me, que há um certo proteccionismo das freguesias da Bila...

 

 

 

Passando agora a notícias que nos afectam diariamente, como por exemplo a água que corre nas torneiras para as nossas necessidades diárias, apresento algumas fotografias do complexo de depósitos que foi construído no Alto do Marco (CANDO), que pensava eu, seria para resolver a míngua de água da freguesia de Vale de Anta.

 

 

Acontece que depois da doação de terrenos por parte da junta de freguesia, à empresa de Águas de Trás os Montes, de terrenos expropriados aos  seus proprietários, que  ainda esperam pelo seu pagamento, depois de esburacarem caminhos e estradas  da freguesia, os responsáveis das obras mandam os do Cando e também parte de Vale de Anta "apanhar" água  à  mina...


Não sei de quem será a culpa, se será dos órgãos autárquicos ou dessa empresa, mas o que eu sei é que nas partes mais altas da freguesia, embora abaixo do nível dos depósitos, nomeadamente no Cando e Vale de Anta, a água não passa do rés-do-chão das habitações. Podemos constatar que alguns moradores se socorreram de depósitos no rés-do-chão auxiliados por motores eléctricos, para levar a água  ao 1º andar das habitações, isto antes das obras de instalação dos depósitos que recebem a água da barragem do Alto Rabagão!

 

Verificamos agora, depois de milhões de euros gastos, que a situação é exactamente igual à que tínhamos antes do início das obras ! No Cando  e parte de Vale de Anta, só há água nas casas de rés-do-chão, e é quando há, já com o reforço de água do Barroso!

O problema nem se põe no "luxo" de por uma máquina de lavar loiça ou de lavar roupa a trabalhar, mas apenas água para cozinhar ou para a higiene diária!

 

Meus senhores tenho dó, ou então vergonha....

 

 

 

Na segunda foto podemos ver em primeiro plano o antigo depósito, será que só este funciona ?

Será ar nos canos, falta de pressão ou cano com caudal insuficiente ?

A resposta a uma destas interrogações resolverá o problema !

 

Ora então meus senhores, tentem lá resolver este problemazito...